Certificados de Aforro

Junho 29 2011

As subscrições dos certificados de aforro realizadas em Julho vão render 1,537%. É o valor mais elevado desde Abril de 2009.

A tendência ascendente da Euribor a três meses nas últimas semanas motivou uma nova subida na rendibilidade dos certificados de aforro, outrora um dos produtos financeiros preferidos das famílias portuguesas. A série C é a única em comercialização.

A taxa a vigorar para as subscrições feitas no próximo mês será de 1,537%, acima dos 1,467% definidos para Junho, segundo cálculos efectuados pelo Económico. Esta é a quinta subida mensal consecutiva do juro oferecido pelos certificados de aforro e o valor mais elevado desde Abril de 2009.

Esta melhoria na remuneração não tem, contudo, cativado os investidores. Os últimos dados disponíveis, relativos a Maio, mostraram amortizações de 566 milhões de euros, o segundo valor mais elevado de sempre. A perda de popularidade estará associada e menos rendimento disponível e à concorrência dos novos certificados do tesouro que, por estarem indexados aos juros da dívida pública, oferecem uma remuneração muito superior aos certificados de aforro.

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 00:02

Tudo sobre os Certificados de Aforro aqui
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links