Certificados de Aforro

Agosto 29 2011

Em Setembro, os Certificados vão render menos. A taxa para as novas subscrições será de 1,556%.

A remuneração dos Certificados de Aforro (CA) vai voltar a cair já em Setembro. A descida da taxa Euribor a três meses em Agosto, sobre a qual são calculados os juros dos CA, vai ditar uma remuneração de 1,556% no próximo mês, abaixo dos anteriores 1,617%. Más notícias para os aforradores mas também para o Estado, que este ano já assistiu à fuga de 2,71 mil milhões de euros deste instrumento, um valor mais de cinco vezes superior ao orçamentado.

Uma fuga que dura já desde 2008, e que tem sido potenciada pelas baixas taxas de juro oferecidas pelos CA. Actualmente, a taxa de juro média oferecida pelos depósitos a prazo mais que duplica a remuneração dos CA, nos 3,63%(máximos de quase três anos). E embora os CA ofereçam prémios de permanência, estes são insuficientes para compensar o investimento face aos depósitos a prazo. Mais de 90% do investimento neste produto de poupança do Estado encontra-se nas séries A e B, que já se encontram fora de comercialização. Mesmo que já usufrua do prémio de permanência máximo nestas séries (2%), a remuneração fica pouco acima dos 3%, uma vez que estas séries têm fórmulas de cálculo diferentes da série C. Ou seja, abaixo dos juros médios oferecidos pelos depósitos a prazo. Já se possuir CA da série C adquiridos no início de 2008, data em que começaram a ser comercializados, o prémio de permanência máximo será de 1%, o que significa que irá receber em Setembro juros de 2,556%, novamente, abaixo dos depósitos a prazo. 

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 23:39

Tudo sobre os Certificados de Aforro aqui
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links