Certificados de Aforro

Setembro 28 2011

Em Outubro, a taxa das novas subscrições vai cair pelo segundo mês consecutivo, para 1,555%.

Apesar de serem muito populares entre os portugueses, os Certificados de Aforro têm vindo a perder gradualmente a sua atractividade. E os últimos números comprovam essa realidade. A remuneração dos Certificados de Aforro vai cair no próximo mês. Quem pretender investir nesse produto de poupança do Estado em Outubro terá direito a uma remuneração bruta de 1,555%, abaixo da taxa que se aplicava nas subscrições realizadas em Setembro: de 1,556%. Trata-se, aliás, do segundo mês consecutivo em que a remuneração deste produto de poupança cai, interrompendo-se assim uma sequência que já ia em dez meses consecutivos de subidas.

Esta situação é fácil de explicar. É o resultado da evolução negativa que a Euribor a três meses - utilizada como referência no cálculo dos Certificados de Aforro - vem a apresentar desde o final do mês de Julho. E as perspectivas não são muito favoráveis, pelo menos nos próximos tempos.

Contrariamente ao que se passava ainda há poucos meses, já existem alguns economistas a apontar para a necessidade de uma eventual descida da taxa de juro de referência por parte do Banco Central Europeu, actualmente fixada em 1,5%. Uma medida que visaria combater a instabilidade económica e financeira que se vive na Europa. A comprovar-se este cenário, é praticamente inevitável que a taxa de juro dos Certificados de Aforro venha a ser afectada. 

fonte:http://economico.sapo.pt

publicado por adm às 22:35

Tudo sobre os Certificados de Aforro aqui
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links