Certificados de Aforro

Fevereiro 21 2012
Fuga de investidores manteve-se no arranque do novo ano. Depois de um saldo negativo de mais de 4.000 milhões de euros em 2011, no primeiro mês de 2012 os resgates líquidos ascenderam a 246 milhões.

De acordo com o Boletim Mensal do Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público, revelado hoje, no primeiro mês de 2012, os portugueses voltaram a tirar dinheiro dos certificados de aforro (CA).

Foram aplicados, segundo o IGCP, 28 milhões neste produto, o mesmo que em Dezembro. Mas, ao mesmo tempo saíram 274 milhões de euros, traduzindo-se num saldo negativo de 246 milhões de euros, no total do mês de Janeiro. Em Dezembro, tinham saído 266 milhões.

Este foi, assim, o 34º mês consecutivo de fuga aos CA, um movimento explicado, em grande parte, pela baixa remuneração oferecida por este produto cuja rendibilidade está dependente da evolução da Euribor a 3 meses. Quem subscrever, este mês, os CA, conta com uma taxa líquida de menos de 1%.

Mantém-se, assim, a tendência de saída de dinheiro deste produto de poupança do Estado. No último ano, o valor total retirado pelos portugueses dos CA ascendeu a 4.086 milhões de euros, um montante nunca antes registado, mas que ficou em linha com as previsões do Governo.
fonte:http://www.jornaldenegocios.pt/
publicado por adm às 18:08

Tudo sobre os Certificados de Aforro aqui
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links