Certificados de Aforro

Novembro 16 2010

Remuneração mais atraente de outros produtos, como os Certificados do Tesouro, são a explicação.

O interesse dos investidores portugueses pelos Certificados de Aforro (CA) nunca foi tão baixo. Até Outubro, apenas entraram 443 milhões de euros para este produto de poupança, enquanto as saídas se cifraram em 1.410 milhões de euros. Daí resulta que, no acumulado do ano, a carteira deste instrumento de poupança "emagreceu" 967 milhões de euros. Sentido oposto tem tido a procura dos novos Certificados do Tesouro. Desde o seu lançamento em Julho de 2010 já cativaram 426 milhões de euros, quase igualando as subscrições deste ano dos CA.

Os 967 milhões de euros que saíram dos CA até Outubro fixam a retirada acumulada mais elevada desde que o Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público (IGCP) disponibiliza dados mensais (2004), aproximando-se assim, a passos largos, a confirmação de que este será o pior ano de sempre em termos de subscrições líquidas para este instrumento de poupança. No OE para 2011, o Governo antecipa para o final de 2010, um saldo negativo entre subscrições e resgates de mil milhões de euros.

fonte:economico

publicado por adm às 23:46
Tags:

Tudo sobre os Certificados de Aforro aqui
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links