Certificados de Aforro

Novembro 25 2010

A rendibilidade dos certificados de aforro (CA) vai voltar a aumentar. Em Dezembro, a taxa bruta anual aplicada às novas subscrições vai subir para 1,13%, completando uma série de três meses consecutivos de valorização, apesar do movimento descendente registado nas últimas semanas perante a crescente tensão nos mercados em torno da dívida da Zona Euro.

A Euribor a três meses fixou-se hoje nos 1,031%. Subiu pela primeira vez em nove sessões em queda. Assim, e apesar das descidas recentes, a taxa aplicada aos CA vai voltar a subir no próximo, de acordo com os cálculos realizados pelo Negócios, que têm conta a fórmula de cálculo.

A média da Euribor neste final de mês está nos 1,04%. Considerando 85% do valor desta, e somando-lhe 0,25 pontos, chega-se a um juro bruto anual de 1,134%, que é o mais elevado dos últimos 20 meses. Desde Abril de 2009 que a remuneração neste produto de poupança do Estado não era tão elevada. A taxa líquida será de 0,89%, considerando o imposto de 21,5%.

Este é o juro que será aplicado às novas subscrições, a realizar no mês de Dezembro. Quem mantém CA em carteira há mais tempo contará com uma taxa bem mais atractiva, já que uma das principais vantagens deste produto é o facto de premiarem os investidores pela manutenção da aplicação. Anualmente são adicionados à taxa de juro bonificações que podem chegar aos 2,5%, no 10º e último ano dos CA da Série C.
fonte:jornaldenegocios.

publicado por adm às 23:26

Tudo sobre os Certificados de Aforro aqui
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links