Certificados de Aforro

Janeiro 13 2011

O ano de 2010 registou um saldo negativo no que toca aos Certificados de Aforro, uma vez que os portugueses retiraram 1.400 milhões de euros desta aplicação de poupança.

Conforme mostra um relatório do IGCP, divulgado esta quinta-feira, no dia 31 de Dezembro de 2009, o saldo total dos Certificados de Aforro era de 16.871 milhões de euros, contra os 15.471 registados no último dia do ano passado.

Mas não foi só no total do ano que os investidores «fugiram» deste produto. Também no mês de Dezembro, o saldo entre novas subscrições e resgates foi de 264 milhões de euros.

Note-se que esta «fuga» dos CA está em máximos, dado que o último recorde negativo tinha sido registado em 2008.

E quais são as explicações? A fuga pode ser explicada pela baixa rendibilidade que está a ser oferecida, na sequência do actual nível de juros das Euribor. 

Ao mesmo tempo, também pode ser explicada pela saída de investidores dos Certificados de Aforro para os certificados do Tesouro, que no dia 31 de Dezembro de 2010 registou um saldo total de 685 milhões de euros.

Neste sentido, mostra o relatório, a subscrição de Certificados do Tesouro disparou em Dezembro de 2010, uma vez que os portugueses investiram 233 milhões de euros neste novo produto de poupança do Estado, fixando assim máximos de Julho.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt

publicado por adm às 23:02

Tudo sobre os Certificados de Aforro aqui
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links