Certificados de Aforro

Março 22 2011

Portugueses aplicaram apenas 30 milhões de euros nestas aplicações no mês de Fevereiro.

Apesar da taxa Euribor a 3 meses, que serve de referência para a remuneração dos certificados de aforro, ter escalado 17,8 pontos base desde o início do ano, a procura por estes produtos de poupança continua em queda.

De acordo com dados do boletim mensal de Março do IGCP, divulgado hoje, foram 289 milhões de euros que em Fevereiro as famílias portuguesas retiraram dos certificados de aforro face aos 30 milhões de novas subscrições. 

Estas operações traduziram-se assim num saldo líquido negativo de 259 milhões de euros e no 24º mês consecutivo em que o saldo líquido dos certificados de aforro registou um valor negativo. 

Do lado oposto estiveram os certificados do Tesouro que, no mês passado, contaram com um volume de novas subscrições de 138 milhões de euros, mais 31% que o registado em Janeiro, colocando o volume de subscrições totais destes produtos de poupança, indexados à evolução da ‘yield' das obrigações do Tesouro a 5 e 10 anos, nos 897 milhões de euros no final do mês de Fevereiro.

fonte:http://economico.sapo.pt

 

publicado por adm às 22:26

Tudo sobre os Certificados de Aforro aqui
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links