Certificados de Aforro

Maio 13 2011

Desde o início de 2008 já foram resgatados 4,6 mil milhões de euros das séries A e B.

Em meados de Abril, os portugueses tinham 658 milhões de euros investidos em Certificados de Aforro da série C, ou seja, os únicos em comercialização desde 2008. O montante investido nesta série representa apenas 4,47% do total alocado em Certificados de Aforro em Abril, 14,7 mil milhões de euros. Uma série que nunca conseguiu convencer os aforradores nacionais, primeiro pela nova fórmula de cálculo, entretanto revista, e depois pela baixa remuneração do indexante, a taxa Euribor a três meses.

No entanto, os números indicam que a fuga que se tem vindo a registar nos Certificados de Aforro (CA), está a afectar igualmente as séries A e B, cuja remuneração é mais atractiva, principalmente por gozarem de prémios de permanência dada a sua antiguidade. Só o total de resgates líquidos de CA em Abril, 705 milhões de euros, é superior ao total investido na série C no mesmo mês, 658 milhões de euros. Aliás, o total de subscrições desde Janeiro de 2008, portanto da série C, é de três mil milhões de euros, enquanto no mesmo período saíram dos CA sete mil milhões de euros. Sabendo que o valor actual investido na série C é de 658 milhões de euros, significa que foram resgatados 2,3 mil milhões de euros desde que a série foi criada

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 22:40

Tudo sobre os Certificados de Aforro aqui
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links